Primeiras Impressões no Recrutamento

Estudos sugerem que cerca de 33% dos empregadores tomam a decisão de recrutar ou não nos primeiros 90 segundos de interação com o candidato. É verdade, pode parecer surpreendente, mas as primeiras impressões contam e em diversas instâncias podem ser um verdadeiro deal breaker.

Pouco contacto visual

Um dos erros mais comuns nas entrevistas é não fazer contacto visual, ou pelo menos, não o suficiente. Falta de contacto visual transmite a ideia de que está desinteressado ou a mentir. Isto não significa que tem que estar a olhar fixamente para o recrutador, significa apenas que tem que manter um certo nível de contacto visual, uma vez que demonstra envolvimento e confiança.

Não ter conhecimento acerca da empresa

Uma das primeiras questões que os recrutadores costumam fazer é “O que é que sabe acerca da empresa?”. Se não estiver preparado para esta questão, está a destruir a sua primeira impressão. Uma resposta como “não sei” ou “espero aprender se for o candidato selecionado” só demonstra que não se preparou para a entrevista. Faça o seu trabalho e investigue a empresa e a sua concorrência.

Aperto de mão

Pode parecer algo não importante, mas o aperto de mão é uma das questões mais relevantes ao nível da primeira impressão. É uma das primeiras interações e transmite algo acerca do seu carácter. Deve ter um aperto de mão firme mas gentil e não deve ser apressado.

Vestuário inapropriado

O vestuário é importante para a primeira impressão. É um dos primeiros aspetos que o recrutador repara. O vestuário apropriado, normalmente, está de acordo com o dress code da empresa. Este dress code pode variar de acordo com o setor em que a empresa atua, por isso, tente investigar isso. Algo que deve evitar é utilizar perfumes com fragrâncias muito intensas e muita bijuteria.

Linguagem corporal inquieta

Muitos candidatos mostram certos “tics” durante as entrevistas. Estes podem ser mexer constantemente no cabelo ou cruzar os braços, por exemplo. Deve-se evitar esta linguagem corporal inquieta que sugere nervosismo. Podemos não nos aperceber mas os recrutadores já estão mais do que habituados a detetar estes aspetos. Deve tentar corrigir os mesmos.

Sorriso

Um dos aspetos mais relevantes numa entrevista é sorrir, é importante fazê-lo, pelo menos, ocasionalmente. Por vezes, os candidatos estão tão focados em dar as respostas corretas que se esquecem das expressões faciais. Ao sorrir está a transmitir que é uma pessoa amigável e recetiva e mostra entusiasmo, isto é bastante relevante porque os recrutadores querem saber até que ponto é que está entusiasmado com a empresa. Sorria mais!

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *