O impacto do e-commerce!

Nova1

Cada vez mais, assistimos a um maior número de comentários relacionados com o impacto do comércio online, no mundo das vendas. Muitos afirmam que ao longo do tempo os consumidores têm vindo a mudar os seus hábitos de consumo, abandonando as lojas físicas em detrimento do comércio online, acreditando mesmo que muito em breve as lojas físicas serão substituídas no seu todo.

Lamentavelmente, tais afirmações não correspondem à realidade, servindo apenas para assustar grande parte das empresas, que muitas vezes entram em pânico.

Não há dúvida, que a tecnologia digital tem vindo a transformar a indústria. Aliás, como já referimos anteriormente, os dispositivos digitais estão a mudar a forma como os clientes descobrem, avaliam e utilizam os seus produtos. Também é verdade, que cada vez mais a interação com o cliente acontece de modo online, com um crescimento de cerca de 6% ao longo dos últimos anos.

Embora a taxa de crescimento seja bastante atraente, a mesma tem vindo a diminuir cerca de 30% ao ano desde o início da década de 2000, para menos de metade. Se a tendência se mantiver, as vendas online vão aumentar de 11% para cerca de 18% em 2030, com maiores aumentos na indústria da música e com menor na indústria alimentar.

Para além de 18% ser um número significativo, não é o suficiente para colocar fim às lojas físicas. Cerca de metade das vendas online estão a ir para retalhistas com lojas físicas, que controlam entre 94% a 97% do total de vendas.

Com isto, podemos concluir que quem mais beneficia, são as empresas que integram o melhor de ambos (o mundo digital e físico) desfrutando de vantagens significativas.

Sendo os sites e aplicativos móveis mais que um veículo de encomendas online, são portas de entrada para as lojas.

Assim como as lojas não são apenas salas de exposição, são zonas onde o cliente tem a oportunidade de entrar em contacto com os produtos, onde pode obter ajuda de especialistas e muito mais. Exemplo disso, são empresas que começaram apenas no mundo online e hoje tem vindo adicionar lojas físicas ao seu negócio.

http://blogs.hbr.org/2014/08/e-commerce-is-not-eating-retail/

Feche as suas vendas de forma eficaz!

3

A maioria das empresas é construída em torno das suas vendas, através de uma força de vendas interna, externa ou uma combinação de ambos.

Por norma, vendas incluem o acompanhamento do cliente via telefone, email ou através do contacto pessoal.

Siga algumas regras básicas que o ajudarão a fechar mais vendas!

1 – Invista o seu tempo em influência social, e tente perceber onde é que os seus potenciais clientes estão ativos. Leia os mesmos blogs, junte-se aos mesmos grupos de Linkedin e participe ativamente através de comentários inteligente, que tragam valor para si e para o seu negócio.

2 – Ajude os seus clientes a tomar a decisão certa, torne-se um especialista na área de negócio dos seus clientes, para que possa fornecer ao consumidor toda a ajuda necessária. Lembre-se que por vezes a melhor decisão não passa pelos seus serviços. No entanto, o facto de mostrar ao cliente que a melhor solução é o mais importante, irá trazer valor a longo prazo.

3 – Adapte-se às novas tecnologias. Diariamente somos “bombardeados” com novas tecnologias, construídas com o objectivo de superar ineficiências.

Perceba quais às tecnologias que o podem ajudar a ser mais eficiente nas suas vendas.

4 – Tenha acesso aos nossos sistemas de informação e encontre novas formas de analisar os dados das suas vendas (loja, período, zona, vendedor, rupturas e muito mais).

http://www.entrepreneur.com/article/235678

Independentemente do produto/serviço tem de existir uma grande equipa de vendas

123

Existem bastantes livros de vendas. O grande problema é que a maioria desses livros tendem a ensinar um processo ou uma estrutura que muitas vezes limita a capacidade de pensamento dos vendedores no momento de negociação.

É importante sim, existir uma linha de orientação pela qual o vendedor se possa guiar, assim como formação adequada em sala e no terreno, mas ainda mais importante e complicado é o processo de recrutar e selecionar vendedores aptos e capazes de responder a diferentes cenários.

Estudos mostram que grande parte das vendas, acontece devido à relação que o vendedor cria com o comprador e não necessariamente por ter um melhor produto ou proposta. Com isto não queremos dizer que é possível vender qualquer tipo de produto/serviço, é importante que este seja competitivo e vá de encontro à necessidade do consumidor, mas a realidade é que sem um boa equipa de vendedores, não existem vendas.

Contacte-nos e encontre os melhores talentos de vendas para a sua empresa!

http://www.entrepreneur.com/article/235928